O que é Meio de Cultura? Qual é sua função? Quais são os tipos de Meios de cultura?

Compartilhe 😉

O que é Meio de Cultura? Qual é sua função?

Os meios de cultura são preparações química feitas em laboratórios que fornecem nutrientes para o crescimento e desenvolvimento de microrganismos fora do seu habitat natural, como por exemplo os fungos e as bactérias.
Cada tipo de meio de cultura é indicado para uma determinada função e um microrganismo específicos: alguns tem a função de nutrir e estimular o crescimento, outros inibem determinado microrganismo e conseguem indicar seu potencial hidrogeniônico. Existe uma enorme variedade destes meios e eles são usados em análises laboratoriais e estudos científicos em diversas áreas, principalmente em alimentos, água, cosméticos e microbiologia clínica.

Quais são os tipo de Meios de cultura?

Os meios de cultura podem ser classificados por seu estado físico e aplicação.
De acordo com o estado físico, sua classificação baseia-se em:

  • Líquidos ou caldos: crescimento indiscriminado com turvação do meio;
  • Sólidos: crescimento de colônias isoladas, muito utilizado para culturas puras;
  • Semi-sólido: adição de menor quantidade de ágar, mobilidade bacteriana;

Com relação a sua aplicação, os meios podem ser divididos em:

  • Meio de Enriquecimento: são preparações geralmente líquidas, de composição química rica em nutrientes, com a finalidade de permitir que as bactérias contidas em uma amostra clínica aumentem em número. Exemplos: Caldo Brain Heart Infusion e o Caldo Tetrationato;
  • Meio de Transporte: consiste em um meio isento de nutrientes, contendo um agente redutor (Tioglicolato ou cisteína). Geralmente mantém o pH favorável, previne a desidratação de secreções durante o transporte e evita a oxidação e autodestruição enzimática dos patógenos presentes. Exemplos: Meio de Stuart, Meio de Cary-Blair e Caldo Tioglicolato;
  • Meio Seletivo: a finalidade deste tipo de meio é selecionar as espécies que se deseja isolar e impedir o desenvolvimento de outros germes. Exemplos: Agar Manitol Salgado e Agar SS;
  • Meio Diferencial: possibilita a distinção entre vários gêneros e espécies de microrganismos, por possuir substâncias que permitem uma diferenciação presuntiva, evidenciada na mudança de coloração ou na morfologia das colônias. Exemplos: Agar Eosin Methilene Blue (EMB), Agar McConkey e Agar Hektoen;
  • Meio Indicador: é utilizado no estudo das propriedades bioquímicas das bactérias, auxiliando, assim, sua identificação. O mais simples é aquele usado no estudo das reações de fermentação. Exemplos: Agar Triple Sugar Iron (TSI) e Agar Citrato de Simmons.

A escolha dos meios de cultura, para o processamento inicial das amostras é muito importante. Geralmente, utiliza-se mais de um tipo de meio, com o objetivo de fornecer condições de crescimento a todos os patógenos possíveis.

Sinergia Científica dispõe uma grande variedade de meios de cultura, a pronta entrega.
Confira aqui alguns dos meios de cultura que trabalhamos.

Nossa equipe de especialistas está à disposição para ajudá-lo, caso tenha alguma dúvida na seleção do meio mais indicado para sua análise!

 

➡️ Fontes: https://siteantigo.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/biologia/meios-de-cultura-de-microrganismos/57896 ¹

http://professor.pucgoias.edu.br/SiteDocente/admin/arquivosUpload/5583/material/Meios%20de%20Cultura%20aula%20pr%C3%A1tica.pdf ²

http://e-escola.tecnico.ulisboa.pt/topico.asp?hid=312 ³

Faça sua cotação
SOLICITAR COTAÇÃO